Gestão Pública News

Economia

União investe R$ 18 mi em 3 aeroportos de MT
18 de Dezembro de 2017 ás 13:12 -

O governador Pedro Taques e o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, viajam nesta terça-feira (19.12) para Brasília...

União investe R$ 18 mi em 3 aeroportos de MT

DO FOLHAMAX

O governador Pedro Taques e o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, viajam nesta terça-feira (19.12) para Brasília para a assinatura de um Termo de Compromisso que permitirá investimentos no montante de R$ 18 milhões em aeroportos de Mato Grosso.

O Termo de Compromisso prevê investimentos nos aeroportos regionais de Cáceres, Sinop e Tangará da Serra. A cerimônia de assinatura será às 18h30 no auditório do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil e contará com a presença do ministro Maurício Quintella Lessa.

Investimentos

No mês de setembro, o Governo do Estado realizou no Palácio Paiaguás o 1º Workshop de Aeroportos e Aeródromos Regionais de Mato Grosso para debater iniciativas que contribuam com a melhoria da infraestrutura do setor aeroviário no Estado. No encontro foram discutidos temas relacionados à gestão de aeroportos, planos aeroportuários, infraestrutura, concessões, Voe MT, entre outros assuntos da área.

Realizado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), em parceria com a MT Parcerias S.A (MT PAR), uma sociedade de economia mista criada pelo Governo do Estado para promover Parcerias Público Privadas (PPPs) e Concessões, o evento contou com a presença do governador Pedro Taques e representantes da Secretaria de Aviação Civil (SAC) e Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Um incentivo do Governo do Estado para desenvolver a aviação regional foi a criação do programa Voe MT, pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec). Com essa iniciativa, as companhias aéreas que abrirem vôos no estado podem obter redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para compra de querosene de aviação.

Concessões

O Aeroporto Internacional Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande, e os aeroportos de Sinop, Alta Floresta, Barra do Garças e Rondonópolis serão concessionados. A iniciativa busca melhorar a infraestrutura das unidades a partir de investimentos de recursos privados. Mato Grosso será o único estado brasileiro a ter um bloco de concessões próprio.

O leilão em bloco dos aeroportos de Mato Grosso foi proposto pelo governador Pedro Taques e aceito pelo Ministérios dos Transportes, Portos e Aviação Civil. A estratégia de repassar à iniciativa privada a administração dos aeroportos, por período determinado, busca melhorar a infraestrutura destes aeroportos, além de melhorar o caixa da União e estimular a economia.

egundo explicou o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, pelo novo modelo, a empresa vencedora da licitação para gerir o aeroporto Marechal Rondon deverá converter o valor da outorga em investimentos a serem destinados para melhoria da estrutura dos quatro regionais.  

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Projeto do novo fundo chega hoje na Assembleia; pauta travada deve adiar votação

    Política

    (14:57) Projeto do novo fundo chega hoje na Assembleia; pauta travada deve adiar votação

    FOLHAMAX O projeto que prevê a criação...

  2. Riva tenta delação para se livrar da cadeia e MP rejeita por falta de interesse

    Política

    (14:44) Riva tenta delação para se livrar da cadeia e MP rejeita por falta de interesse

    REPÓRTERMT Um documento sigiloso mostra...

  3. MPE investiga ex-servidor que teria se apropriado de R$ 45 mil

    Justiça

    (14:42) MPE investiga ex-servidor que teria se apropriado de R$ 45 mil

    MIDIANEWS O Ministério Público...

  4. CNJ inicia hoje fiscalização ao Tribunal de Justiça de MT

    Justiça

    (14:40) CNJ inicia hoje fiscalização ao Tribunal de Justiça de MT

    O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) inicia nesta segunda-feira (23) a fiscalização ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados