Gestão Pública News

Política

Senado garante mais R$ 5 bilhões aos municípios com aprovação de PEC
07 de Dezembro de 2017 ás 13:17 -

O Senado Federal aprovou por unanimidade um reforço para o Fundo de Participação nos Municípios (FPM), na quarta-feira (6).

Senado garante mais R$ 5 bilhões aos municípios com aprovação de PEC

DO OLHARDIRETO

O Senado Federal aprovou por unanimidade um reforço para o Fundo de Participação nos Municípios (FPM), na quarta-feira (6). A Proposta de Emenda à Constituição 29/2017 vai elevar o repasse da União ao fundo relativo ao Imposto de Renda (IR) e ao Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de 49% para 50%. A previsão inicial é de que haja um acréscimo de R$ 5,6 bilhões de recursos ao Fundo para ser repassado aos municípios em setembro de cada ano.

"Essa é mais uma grande vitória do municipalismo", disse o senador Wellington Fagundes (PR-MT), um dos líderes do Movimento Municipalista no Congresso Nacional. Para que se consolide, a PEC precisa ser aprovada pela Câmara dos Deputados, que deverá criar imediatamente uma Comissão Especial para análise e em seguida a proposta irá a votação em dois turnos, no plenário da Casa. Uma vez aprovada, a emenda irá à promulgação. Esse acréscimo será implementado em até quatro anos de modo a amortecer o impacto no orçamento da União. Ou seja: a PEC eleva as transferências aos municípios via FPM em R$ 1,1 bilhão, R$ 1,2 bilhão, R$ 2,6 bilhões e R$ 5,6 bilhões, respectivamente, em 2018, 2019, 2020 e 2021. Durante a votação, Fagundes fez questão destacou o trabalho do presidente da Associação Matogrossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, junto à Confederação Nacional dos Municípios (CMN) pela aprovação da matéria. "Conhecemos o dia-a-dia das dificuldades dos municípios, sobretudo quando analisamos a quantidade de programas criados sem a devida contrapartida", disse. Autor da Emenda Constitucional, o senador Raimundo Lira (PMDB-CE) explicou que a proposta aprovada no Senado corrige uma injustiça na distribuição da receita tributária no Brasil, ao ampliar a pequena parcela de recursos que cabe aos municípios brasileiros.  "Isso faz com que os municípios não possam cumprir, muitas vezes, com as suas necessidades básicas de criar a infraestrutura necessária para o conforto e a segurança da população, e também a prestação de serviço, principalmente nas áreas de saúde e educação do primeiro grau.” A PEC 29/2017 altera o artigo 159 da Constituição, que trata da distribuição de receitas tributárias. Tal artigo obriga a União a repassar aos entes federados 49% da arrecadação do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Deste total, 21,5% vão para o Fundo de Participação dos Estados (FPE); 3% vão para aplicação em programas de financiamento ao setor produtivo do Norte, Nordeste e Centro-Oeste; e 24,5% são destinados ao Fundo de Participação dos Municípios.

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Comper indenizará em R$ 10 mil cliente que teve notebook furtado em estacionamento

    Justiça

    (13:02) Comper indenizará em R$ 10 mil cliente que teve notebook furtado em estacionamento

    A juíza Olinda de Quadros Castrillon, da Décima Primeira Vara Cível, julgou procedente ação de um cliente que processou os Supermercados Comper após ter seu notebook furtado no estacionamento do estabelecimento.

  2. Justiça nega desbloquear imóvel de ex-secretário de Estado em ação por improbidade; MP pede R$ 8,8 milhões

    Justiça

    (13:00) Justiça nega desbloquear imóvel de ex-secretário de Estado em ação por improbidade; MP pede R$ 8,8 milhões

    O juizado da Vara Especializada Ação Civil Pública e Popular negou liberação de um imóvel pertencente ao ex-secretário de Estado de Fazenda Fausto de Souza Faria.

  3. PF cumpre mandados contra advogados e servidores acusados de fraudar INSS; cego é flagrado dirigindo

    Justiça

    (12:59) PF cumpre mandados contra advogados e servidores acusados de fraudar INSS; cego é flagrado dirigindo

    A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (12), a Operação Pandora, que investiga a fraude na obtenção de benefícios previdenciários deferidos judicialmente na comarca de Dionísio Cerqueira (SC).

  4. STJ nega autorização para major em MT passar um mês em Portugal em batizado

    Justiça

    (12:57) STJ nega autorização para major em MT passar um mês em Portugal em batizado

    Ferronato teria oferecido promoção a um tenente coronel, que é delator da Operação Esdras

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados