Gestão Pública News

Política

PSDB: Taques deve repetir 2014 e receber o apoio de 12 partidos
10 de Julho de 2018 ás 12:19 -

DA REDAÇÃO - MIDIANEWS O presidente do PSDB em Mato Grosso, Paulo Borges, afirmou que o governador Pedro Taques (PSDB) deve sair...

PSDB: Taques deve repetir 2014 e receber o apoio de 12 partidos

DA REDAÇÃO - MIDIANEWS

O presidente do PSDB em Mato Grosso, Paulo Borges, afirmou que o governador Pedro Taques (PSDB) deve sair à reeleição tendo o apoio de 12 siglas partidárias, a exemplo do que ocorreu em sua campanha anterior, em 2014. Até o momento, o governador diz estar contabilizando dez partidos em seu arco de alianças. O próprio Borges afirma que as conversas estão mais adiantadas com o PSB, PPS, PRTB, Patriota e Solidariedade. O presidente do partido disse também que as conversas ainda estão sendo mantidas e a sigla “não fechou portas para ninguém”. Estamos conversando com todos. Acreditamos que com essas conversas que estão avançando bastante, nós chegaremos até 12 partidos, assim como em 2014

“Estamos conversando com todos. Acreditamos que com essas conversas - que estão avançando bastante - nós chegaremos até 12 partidos, assim como em 2014”, disse o tucano.

Naquela ocasião, Taques – então filiado ao PDT – pertencia à coligação “Coragem e Atitude para Mudar”, composta pelo PP, PSDB, DEM, PTB, PSB, PPS, PSC, PV, PSDC, PRP, PSL e PRB. Paulo Borges disse ainda que as conversas passam também por nomes que venham a compor a chapa de Taques, como o candidato a vice, além das duas vagas ao Senado. Uma delas já é trabalhada pelo deputado federal Nilson Leitão.

“Vamos ter muitas conversas ainda. Temos Pedro Taques como pré-candidato ao governo, uma vaga de vice, outra vaga do Senado aberta e outra que já está preenchida pelo deputado Nilson Leitão. Fora isso, ainda tem as quatro vagas para suplência”, afirmou Borges.  “Vamos exaurir o diálogo, o convencimento e ate as vésperas da convenção estaremos montando uma chapa extremamente competitiva”, afirmou. Sobre as possibilidades para compor a chapa de Taques como vice, Borges preferiu não antecipar nomes.

“Estamos construindo, tem alguns atores selecionados para fazer a conversa com os demais partidos, mas essa questão vai ser definida mais lá na frente, nós temos o período de convenção. Isso geralmente se decide na ultima hora, mas já temos uma conversa bem encaminhada, muito bem delineada”, resumiu ele.

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Justiça Eleitoral suspende propaganda de Mauro Mendes contra Wellington Fagundes

    Justiça

    (14:46) Justiça Eleitoral suspende propaganda de Mauro Mendes contra Wellington Fagundes

    Olhardireto A Justiça Eleitoral proibiu...

  2. TJ libera deputado para fazer campanha à noite e finais de semana

    Justiça

    (14:43) TJ libera deputado para fazer campanha à noite e finais de semana

    MidiaNews O desembargador José Zuquim...

  3. Justiça mantém bloqueio de R$ 108 mil de deputado federal por dívida com empresário

    Justiça

    (14:37) Justiça mantém bloqueio de R$ 108 mil de deputado federal por dívida com empresário

    Ságuas tentou liberar recursos para poder pagar parcela de crédito rural

  4. TRE aprova candidatura de Selma; escolha de suplente pode barrar chapa

    Justiça

    (14:08) TRE aprova candidatura de Selma; escolha de suplente pode barrar chapa

    Procuradoria Regional Eleitoral afirma que a segunda suplente da juíza aposentada não foi escolhida durante convenção partidária do PSL, o que pode tornar a chapa ilegal.

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados