Gestão Pública News

Política

Pinheiro anuncia recriação de Pasta após TCE apontar falhas
05 de Dezembro de 2017 ás 13:26 -

Tribunal de Contas determinou a extinção da secretaria em comemoração aos 300 anos da Capital

Pinheiro anuncia recriação de Pasta após TCE apontar falhas

DA REDAÇÃO - MIDIANEWS

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) afirmou, na manhã desta terça-feira (5), que reencaminhará, para a Câmara Municipal, um novo Projeto de Lei sobre a criação da Secretaria de 300 anos.

A decisão foi tomada após o Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinar a extinção da Pasta, em razão de irregularidades no projeto de criação. A Corte apontou que o projeto não comprovou que as despesas criadas pela secretaria não afetariam as metas fiscais da Capital, nem o plano de compensação que garante o pagamento das despesas continuadas. 

O Tribunal de Contas argumentou ainda que o projeto sobre a criação da Pasta não detalhou os projetos que seriam executados. Também estariam ausentes itens como a estimativa de impacto orçamentário e a origem dos recursos, conforme prevê a lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O vereador Marcelo Bussiki (PSB), presidente da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária, foi o responsável por protocolar requerimento no TCE apontando as irregularidades na Pasta. De acordo com o prefeito, após o apontamento do TCE, um novo texto será encaminhado ao Legislativo Municipal.

“Tivemos um debate muito grande em relação à matéria, principalmente após sua tramitação e aprovação na Câmara Municipal [em 18 de julho]. Vimos a necessidade [de recriar a Pasta], e eu fui o primeiro a reconhecer isso”, disse.

“Em nome da transparência e da clareza das ações da nossa gestão, estamos aperfeiçoando o texto do Projeto de Lei, reenviando para a Câmara. Estamos buscando esse aperfeiçoamento, cada vez mais bem consolidado com a Lei de Responsabilidade Fiscal e as demais legislações vigentes”, acrescentou. Pinheiro assegurou que a criação da SEC 300 não trará prejuízo às contas públicas da Capital.

“A SEC 300 foi criada exatamente para fazer a função de articulação, junto às demais secretarias, às outras instâncias de poderes e instituições e, inclusive, também, junto a segmentos realizados pela sociedade, para que ela faça essa articulação com foco nas ações, projetos, obras e eventos para a Cuiabá dos 300 anos”, declarou. Conforme o peemedebista, os gastos com a secretaria serão relacionados estritamente com os pagamentos de servidores.

“É uma pasta criada com uma estrutura orçamentária enxuta e diz respeito apenas a pessoal. É uma estrutura bem pequena, que vai fazer esse papel de articulação, usando o orçamento de outras pastas, dentro da estrutura orçamentária da Prefeitura de Cuiabá”, comentou.

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Comper indenizará em R$ 10 mil cliente que teve notebook furtado em estacionamento

    Justiça

    (13:02) Comper indenizará em R$ 10 mil cliente que teve notebook furtado em estacionamento

    A juíza Olinda de Quadros Castrillon, da Décima Primeira Vara Cível, julgou procedente ação de um cliente que processou os Supermercados Comper após ter seu notebook furtado no estacionamento do estabelecimento.

  2. Justiça nega desbloquear imóvel de ex-secretário de Estado em ação por improbidade; MP pede R$ 8,8 milhões

    Justiça

    (13:00) Justiça nega desbloquear imóvel de ex-secretário de Estado em ação por improbidade; MP pede R$ 8,8 milhões

    O juizado da Vara Especializada Ação Civil Pública e Popular negou liberação de um imóvel pertencente ao ex-secretário de Estado de Fazenda Fausto de Souza Faria.

  3. PF cumpre mandados contra advogados e servidores acusados de fraudar INSS; cego é flagrado dirigindo

    Justiça

    (12:59) PF cumpre mandados contra advogados e servidores acusados de fraudar INSS; cego é flagrado dirigindo

    A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (12), a Operação Pandora, que investiga a fraude na obtenção de benefícios previdenciários deferidos judicialmente na comarca de Dionísio Cerqueira (SC).

  4. STJ nega autorização para major em MT passar um mês em Portugal em batizado

    Justiça

    (12:57) STJ nega autorização para major em MT passar um mês em Portugal em batizado

    Ferronato teria oferecido promoção a um tenente coronel, que é delator da Operação Esdras

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados