Gestão Pública News

Política

Novo secretário de Saúde de Cuiabá afirma que irá priorizar crise no setor de medicamentos
14 de Março de 2018 ás 13:16 -

DO OLHARDIRETO O médico Huark Douglas Correia, que assume a Secretaria de Saúde de Cuiabá ainda esta semana, recebeu do prefeito...

Novo secretário de Saúde de Cuiabá afirma que irá priorizar crise no setor de medicamentos

DO OLHARDIRETO

O médico Huark Douglas Correia, que assume a Secretaria de Saúde de Cuiabá ainda esta semana, recebeu do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) a missão de pôr fim a crise dos medicamentos instalada na Capital, que ocasionou a suspensão de atendimentos no Pronto-Socorro Municipal no mês passado. Em entrevista ao Olhar Direto, o novo secretário afirmou que o prefeito pediu prioridade neste assunto e disse aguardar ser oficializado no cargo para “definir estratégias e algumas mudanças” na Secretaria.

 

 

“Eu estou aguardando isso se concretizar, com a publicação no Diário Oficial. Saindo essa publicação a gente deve sentar e conversar, definir estratégias e algumas mudanças. Eu já conversei com o prefeito, mas a gente está aguardando tudo se materializar. A prioridade é a questão dos medicamentos”, afirmou o médico.

 

A nomeação de Huark deve ser publicada no Diário Oficial, no mais tardar, até quinta-feira (15). O médico, que é servidor de carreira da Prefeitura, já foi secretário de Saúde da Capital, em 2012, durante a gestão de Francisco Galindo (PTB).

Em nota, Emanuel Pinheiro afirmou que a saída da então secretária Elizeth Araújo foi a pedido da mesma. No entanto, nos bastidores, é certo que a exoneração se deu por conta da insatisfação do prefeito com relação ao trabalho da titular da Pasta.

Em uma carta enviada ao prefeito e divulgada pelo Olhar Direto, Elizeth elencou uma série de problemas vividos na Secretaria e destacou a falta de ‘entendimento harmonioso’ com o secretário-adjunto da pasta, Milton Correa da Costa, fato que segundo ela se tornou insustentável.

 

“Nos manifestamos que após diversas tratativas ao longo deste período em busca de comprometimento, parceria e envolvimento com o Programa de Governo Emanuel Pinheiro, por parte do mesmo, entendemos que não será possível sustentar esta situação, embora estejamos preocupados com todo reflexo que esta situação está causando a gestão como um todo, principalmente a imagem do chefe do executivo municipal”, disse Elizeth, na carta.

 

Além de Elizeth, outros 10 servidores serão exonerados da Secretaria de Saúde, entre eles a diretora de Atenção Primária, Larissa Raquel Kchimel, Elizete Ferreira de Souza, responsável pela rede de administração do Pronto-Socorro e Fernanda Laurentis, chefe de gabinete da Secretaria.

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Justiça condena ex-vereadora de Cuiabá a 11 anos de prisão por desvios de R$ 6,3 mi

    Justiça

    (13:41) Justiça condena ex-vereadora de Cuiabá a 11 anos de prisão por desvios de R$ 6,3 mi

    Folhamax O juiz da Sétima Vara Criminal...

  2. Presidente do TJMT afirma que não aceitará redução do duodécimo e confia que Judiciário não será prejudicado

    Justiça

    (13:40) Presidente do TJMT afirma que não aceitará redução do duodécimo e confia que Judiciário não será prejudicado

    Olharjurídico O novo presidente do Tribunal...

  3. Supremo aponta novos crimes e não homologa delação de Riva

    Justiça

    (13:37) Supremo aponta novos crimes e não homologa delação de Riva

    MidiaNews A Primeira Turma do Supremo Tribunal...

  4. Justiça aceita desistência de recurso e delação de Zaqueu é cogitada

    Justiça

    (13:34) Justiça aceita desistência de recurso e delação de Zaqueu é cogitada

    RepórterMT O desembargador Luiz Ferreira,...

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados