Gestão Pública News

Justiça

MP quer desmembramento de ação devido ao número de envolvidos
17 de Maio de 2018 ás 13:26 -

RepórterMT O Ministério Público do Estado (MPE) pediu o desmembramento das ações que investigam o esquema de...

MP quer desmembramento de ação devido ao número de envolvidos

RepórterMT

O Ministério Público do Estado (MPE) pediu o desmembramento das ações que investigam o esquema de fraudes no contrato do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) com a EIG Mercados. A informação consta na denúncia apresentada ao Tribunal de Justiça contra 58 envolvidos, na quarta-feira (16).

 

O objetivo do MPE é dar celeridade nas investigações e, de acordo com o pedido, devem ser remetidos para a 7ª Vara Criminal de Cuiabá os processos contra 45 denunciados, que não possuem prerrogativa de foro privilegiado.

O MPE argumentou que o desmembramento deve ocorrer “em razão do número de investigados, da complexidade dos fatos e da existência de réus presos”.

Na lista estão o ex-governador Silval Barbosa, o irmão dele, Antonio Barbosa, o ex-presidente do Detran, Teodoro Lopes, o Dóia, e os donos da EIG Mercados e delatores do esquema, José Henrique Ferreira Gonçalves e José Ferreira Gonçalves Neto, pai e filho, respectivamente.

 

Quanto aos deputados estaduais Mauro Savi (DEM), Eduardo Botelho (DEM), que é presidente da Assembleia Legislativa, Wilson Santos (PSDB), Baiano Filho (PSDB), Romoaldo Junior (PMDB), Ondanir Bortolini e José Domingos Fraga; a procuradora do Estado, Marilci Malheiros Fernandes de Souza Costa e Silva, os advogados Paulo César Zammar Taques e Pedro Jorge Zammar Taques, além dos empresários Claudemir Pereira dos Santos, Roque Anildo Reinheimer e José Kobori, o MPE pediu que as ações sejam mantidas no âmbito do Tribunal de Justiça.

 

Na denúncia, o MPE apontou que o esquema teria desviado cerca de R$ 30 milhões do Detran, entre 2009 e 2015. Além de responderem por constituição de organização criminosa, aos denunciados foram imputados os crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e fraude em licitação.

 

O esquema girou em torno da contratação da empresa responsável pela execução das atividades de registros junto ao Detran dos contratos de financiamentos de veículos com cláusula de alienação fiduciária, de arrendamento mercantil e de compra e venda com reserva de domínio ou de penhor. Na ocasião, para obter êxito na contratação, a empresa se comprometeu a repassar parte dos valores recebidos com os contratos para pagamento de campanhas eleitorais.

 

Confira os nomes de todos os denunciados pelo MPE

 

- JOSÉ EDUARDO BOTELHO

- MAURO LUIZ SAVI

- JOSÉ DOMINGOS FRAGA FILHO

- WILSON PEREIRA DOS SANTOS

- JOSÉ JOAQUIM DE SOUZA "BAIANO" FILHO

- ONDANIR BORTOLINI "NININHO"

- ROMOALDO ALOISIO BORACZYNSKI JÚNIOR

- SILVAL DA CUNHA BARBOSA

- PEDRO HENRY

- PAULO TAQUES

- TEODORO MOREIRA LOPES

- SÍLVIO CÉZAR CORREIA DE ARAÚJO

- ANTONIO DA CUNHA BARBOSA FILHO

- PEDRO JORGE ZAMAR TAQUES

- JOSÉ KOBORI

- CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

- ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA

- MARCELO DA COSTA E SILVA

- RAFAEL YAMADA TORRES

-ROQUE ANILDO REINHEIMER

- MERISON MARCOS AMARO

- DAUTON LUIZ SANTOS VASCONCELLOS

- HUGO PEREIRA DE LUCENA

-JOSÉ HENRIQUE FERREIRA GONÇALVES

-JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO

-JOÃO ANTONIO CUIABANO MALHEIROS

-MARILCI MALHEIROS FERNANDES DE SOUZA COSTA E SILVA

-CLEBER ANTONIO CINI

-ODENIL RODRIGUES DE ALMEIDA

- TSCHALES FRANCIEL TSCHA

-CLAUDINEI TEIXEIRA DINIZ

- MARCELO HENRIQUE CINI

- VALDIR DAROIT

-JORGE BATISTA DA GRAÇA

- ELIAS PEREIRA DOS SANTOS FILHO

- LUIZ OTAVIO BORGES DE SOUZA

- WILSON PINHEIRO MEDRADO

- VALDEMIR LEITE DA SILVA

- JURANDIR DA SILVA VIEIRA

- TIAGO VIEIRA DE SOUZA DORILEO

- ANTONIO FERNANDO RIBEIRO PEREIRA

- ADRIANA ROSA GARCIA DE SOUZA

-JOVANIL RAMOS DOS SANTOS

-RAFAEL BADOTTI

-FRANCISCO CARLOS FERRES

-SILVANA BADOTTI FERRES

-VINICIUS PINCERATO FONTES DE ALMEIDA

-ANDREO DARCI MENSCH LEITE

-SONIA REGINA BUSANELLO DE MEIRA

-DASAYEVIS SEBASTIAO MIRANDA DE LIMA SILVA

-LUCIANO DE FREITAS AZAMBUJA

-ROBERTO ABRAO JUNIOR

-IVANILDA SANTOS HENRY

-WALTER NEI DUARTE RAMOS

-ONEIDA FERREIRA DE FREITAS E SILVA

-DULCINEIA RUFO CAVALCANTE CINI

-GONÇALO JOSÉ DE SOUZA

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. TJ nega absolver prefeito por aditivos de R$ 4,4 milhões em MT

    Justiça

    (14:25) TJ nega absolver prefeito por aditivos de R$ 4,4 milhões em MT

    Folhamax O desembargador Marcos Machado, da...

  2. Tribunal deve julgar pedido de soltura de deputado nesta quinta

    Justiça

    (14:21) Tribunal deve julgar pedido de soltura de deputado nesta quinta

    MidiaNews O Pleno do Tribunal de Justiça...

  3. MPE pede que primos do governador e deputado fiquem na cadeia

    Justiça

    (14:18) MPE pede que primos do governador e deputado fiquem na cadeia

    RepórterMT O Ministério Público...

  4. Fazenda do Rei do Algodão vai a leilão por R$ 349 milhões para pagamento de dívidas

    Justiça

    (14:13) Fazenda do Rei do Algodão vai a leilão por R$ 349 milhões para pagamento de dívidas

    Olharjurídico A fazenda Marabá...

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados