Gestão Pública News

Justiça

Ministério Público investiga servidores do IFMT; professores são alvos
03 de Janeiro de 2018 ás 00:00 -

O Ministério Público Federal instaurou quatro inquéritos para investigar irregularidades cometidas por servidores do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

Ministério Público investiga servidores do IFMT; professores são alvos

DO OLHARJURÍDICO

O Ministério Público Federal instaurou quatro inquéritos para investigar irregularidades cometidas por servidores do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT). Alguns professores são alvos dos procedimentos.  

Conforme portarias assinadas pelo procurador da República Marcellus Barbosa Lima, um dos inquéritos investiga acúmulo indevido de cargos por servidores do IFMT que exerciam dois ou mais cargos, empregos ou funções inacumuláveis. O segundo inquérito investiga o acúmulo indevido de cargos públicos por servidores ativos do IFMT que ocupavam a posição de sócios administradores em empresas privadas. O terceiro inquérito investiga o acumulo indevidos de cargos públicos por servidores ativos do IFMT que exerciam emprego privado cuja jornada é incompatível com o serviço público. O quarto inquérito investiga o acúmulo indevido de cargos públicos por professores do IFMT em regime de dedicação exclusiva. Os procedimentos são embasados por relatórios da Controladoria Geral da União. Não foi divulgado prazo para encerramento dos inquéritos.

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. CNMP investiga promotora de MT por suposta ofensa a juíza e PM

    Justiça

    (13:20) CNMP investiga promotora de MT por suposta ofensa a juíza e PM

    Fatos ocorreram no Município de Gaúcha do Norte (594 km de Cuiabá) em 2 de outubro de 2016

  2. CGE abre processo contra consórcio da Arena Pantanal por pagar propina

    Justiça

    (13:18) CGE abre processo contra consórcio da Arena Pantanal por pagar propina

    O objetivo é investigar possíveis irregularidade no contrato de quase R$ 100 milhões firmado com o C.L.E. Arena Pantanal para serviços de de Tecnologia, Informática e Comunicação (TIC) no estádio.

  3. Delator que entregou esquema de conselheiro devolverá R$ 3 mi em 4 anos

    Justiça

    (13:12) Delator que entregou esquema de conselheiro devolverá R$ 3 mi em 4 anos

    Marcos Tolentino negociou a venda da TV Mato Grosso com conselheiro afastado do Tribunal de Contas e chegou a ser ameaçado se revelasse que o negócio foi feito com Sérgio Ricardo

  4. Três deputados lideram corrida para Assembleia; 127 são citados em MT

    Política

    (13:09) Três deputados lideram corrida para Assembleia; 127 são citados em MT

    Folhamax Uma pesquisa na modalidade espontânea,...

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados