Gestão Pública News

Economia

Ministério libera R$ 5,1 mi para turismo de MT e empresários podem obter crédito de até R$200 mil
18 de Dezembro de 2017 ás 13:16 -

O total de 5,1 milhões destinados pelo Governo Federal ao Turismo de Mato Grosso, deverá ser desmembrado em financiamentos de até R$ 200 mil, concedidos à empresários do setor.

Ministério libera R$ 5,1 mi para turismo de MT e empresários podem obter crédito de até R$200 mil

DO OLHARDIRETO

O total de 5,1 milhões destinados pelo Governo Federal ao Turismo de Mato Grosso, deverá ser desmembrado em financiamentos de até R$ 200 mil, concedidos à empresários do setor. Na manhã desta sexta-feira (15), em Cuiabá, o Ministério do Turismo (MTur) oficializou o investimento junto à Secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), o que deve multiplicar obras de infraestrutura Estado afora, ampliando a visibilidade dos atrativos. Os repasses serão executados pela agência Desenvolve MT e a expectativa é de que subam para mais de R$ 50 milhões em 2018.

 

Isso, segundo o coordenador do MTur, Marcelo Moreira, se a agência Desenvolve Mato Grosso conseguir captar um bom número de interessados. Durante a assinatura do documento, ele explicou os valores são oferecidos anualmente conforme o desempenho das agências. “Quanto maior a performance, mais recurso. Menos performance, menos recurso”, disse. O montante faz parte de um fundo próprio do Ministério, o Fungetur. Assinatura do contrato no Palácio Paiaguás.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Avalone, as regras e datas para a liberação do crédito serão estabelecidas ainda na próxima semana. No evento ele ressaltou a necessidade de demanda. “Se não tivermos como financiar ou emprestar, eles não tem porquê mandar mais recursos e Mato Grosso tem uma área do turismo necessitando de investimentos. Por isso temos que ser ágeis o suficiente com as propostas. O trabalho agora é interno, de análise das solicitações e disponibilidade dos valores.

 

Assim, além das normas impostas pelo MTur, é possível que o Estado crie condições mais restritivas, considerando o montante recebido.  “Como os recursos não são infinitos, vamos criar os parâmetros. Então é provável que tenha um teto. Imagino que para esse primeiro momento de até R$ 200 mil por empreendimento. Não podemos abrir uma quantidade que atenda dois ou três empreendimentos. Precisamos disponibilizar principalmente para os pequenos e médios, para que eles tenham acesso a esse recurso. Isso será definido rapidamente”, explicou Avalone.

 

Para Moreira, a missão hoje foi trazer para o trade turístico essa informação e mostrar que o recurso está à disposição tanto para obras de infraestrutura, como construção de hotéis, reformas e ampliações, quanto para aquisição de equipamentos, como barcos e outros que podem dinamizar a atividade. “Como estamos no final do ano, empenhamos recursos de R$ 5,1 milhões para agora. Para 2018 a expectativa é algo entorno de R$ 50 a R$ 60 milhões, que anualmente são revisados e recolocados na agência. 

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Justiça extingue pena de advogado que escondeu processo criminal em MT

    Justiça

    (11:30) Justiça extingue pena de advogado que escondeu processo criminal em MT

    Folhamax O juiz Marcos Faleiros da Silva, da...

  2. Nelson Barbudo já se articula para ser líder da bancada

    Política

    (11:26) Nelson Barbudo já se articula para ser líder da bancada

    GazetaDigital Mesmo sem ainda ter tomado posse,...

  3. Apenas 27 deputados federais foram eleitos com votos próprios em 2018

    Política

    (11:23) Apenas 27 deputados federais foram eleitos com votos próprios em 2018

    PortalMatogrosso A quantidade de eleitos e reeleitos...

  4. Mendes define equipe nesta terça e prepara início dos trabalhos

    Política

    (11:21) Mendes define equipe nesta terça e prepara início dos trabalhos

    MidiaNews O governador eleito Mauro Mendes (DEM)...

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados