Gestão Pública News

Política

Max: Gestão não-política tem dificultado fechamento de alianças
09 de Julho de 2018 ás 13:24 -

MIDIANEWS Ex-chefe da Casa Civil, o deputado estadual Max Russi (PSB) afirmou que o fato de o governador Pedro Taques (PSDB) ter deixado os partidos...

Max: Gestão não-política tem dificultado fechamento de alianças

MIDIANEWS

Ex-chefe da Casa Civil, o deputado estadual Max Russi (PSB) afirmou que o fato de o governador Pedro Taques (PSDB) ter deixado os partidos políticos de fora de boa parte de sua gestão, em especial nos dois primeiros anos, tem dificultado agora o fechamento de alianças para a reeleição. O ex-secretário negou que a dificuldade tenha sido pelo fato de o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), ter se lançado pré-candidato ao Governo. “Não. Outros fatores dificultaram. A gestão do governador Pedro Taques não foi política. Desde o início o governador montou seu secretariado. Montou sem os partidos políticos. Então, essa composição dificultou um pouco esse fechamento de aliança agora”, disse em conversa com a imprensa, nesta quarta-feira (04). “Foi uma opção dele. O erro quem vai dizer é a população. Se a população reeleger o governador, é porque ele estava certo Max defendeu a opção política de Taques, mas disse que quem irá dizer se for errado será o eleitor, em outubro deste ano. “Foi uma opção dele. O erro quem vai dizer é a população. Se a população reeleger o governador, é porque ele estava certo. Caso ele não seja reeleito, pode ser analisado que houve erro”, afirmou. Mesmo enxergado certa dificuldade nas composições, Max disse que Taques deve ir à reeleição com até 12 partidos em sua coligação. Até o momento, o tucano já conta com PSDB, PSB, SD, PPS, PRTB, Patriota e Avante. “Está tendo muita conversa. O governador tem sete partidos e deve fechar a coligação com uns 12 aproximadamente, pelo o que a gente está sentindo. Têm vários que querem vir. Mas nos próximos 20 dias tudo isso terá que ser fechado”, disse.

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Justiça Eleitoral suspende propaganda de Mauro Mendes contra Wellington Fagundes

    Justiça

    (14:46) Justiça Eleitoral suspende propaganda de Mauro Mendes contra Wellington Fagundes

    Olhardireto A Justiça Eleitoral proibiu...

  2. TJ libera deputado para fazer campanha à noite e finais de semana

    Justiça

    (14:43) TJ libera deputado para fazer campanha à noite e finais de semana

    MidiaNews O desembargador José Zuquim...

  3. Justiça mantém bloqueio de R$ 108 mil de deputado federal por dívida com empresário

    Justiça

    (14:37) Justiça mantém bloqueio de R$ 108 mil de deputado federal por dívida com empresário

    Ságuas tentou liberar recursos para poder pagar parcela de crédito rural

  4. TRE aprova candidatura de Selma; escolha de suplente pode barrar chapa

    Justiça

    (14:08) TRE aprova candidatura de Selma; escolha de suplente pode barrar chapa

    Procuradoria Regional Eleitoral afirma que a segunda suplente da juíza aposentada não foi escolhida durante convenção partidária do PSL, o que pode tornar a chapa ilegal.

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados