Gestão Pública News

Justiça

Justiça homologa plano recuperação judicial de transportadoras com dívidas de R$ 8,6 milhões
06 de Dezembro de 2017 ás 14:16 -

A juíza Anglizey Solivan de Oliveira, da Primeira Vara Cível Especial de Falências, Recuperação Judicial e Cartas Precatórias homologou o plano de recuperação econômica da Transportadora Novo Futuro Ltda.

Justiça homologa plano recuperação judicial de transportadoras com dívidas de R$ 8,6 milhões

DA REDAÇÃO - OLHARDIRETO

A juíza Anglizey Solivan de Oliveira, da Primeira Vara Cível Especial de Falências, Recuperação Judicial e Cartas Precatórias homologou o plano de recuperação econômica da Transportadora Novo Futuro Ltda. e TNF Transportes e Logísticas Ltda. Dívidas da empresa são calculadas em R$ 8,6 milhões. A decisão foi proferida no dia 29 de novembro.

 

Conforme os autos, a empresa Transportadora Novo Futuro Ltda. iniciou-se no ano de 2009, com sociedade realizada entre Ronaldo de Almeida Moura e Maurício Ramalho de Oliveira, prestando serviços para as maiores tradings do Brasil, como a ADM e Bunge, sendo que, com esta última, celebrou contrato de transporte de grãos até julho de 2014, entretanto, sua renovação restou prejudicada face ao aumento excessivo de caminhões no mercado.

Relatam que a segunda requerente, TNF Transportes e Logística Ltda foi constituída no ano de 2013 para atender pequenas Tradings no mercado como embarcadora de grãos, uma vez que “o mercado exigia e era propício para tanto”.

Asseveram que o ramo de atividade das requerentes teve um grande incentivo do governo federal que, para atender ao lobby das montadoras, possibilitou, por meio do BNDES, a aquisição de caminhões com prazo de até 100 meses para pagar, carência de 01 ano e juros que atingiram apenas 2,5% a.a., fato que ocasionou, ao mesmo passo, a saturação de caminhões nas estradas do país, acarretando, via de consequência, a baixa no valor dos fretes no competitivo mercado.

As empresas “afirmam estar vivenciando a maior crise do setor na história do Brasil, na medida em que as requerentes e demais empresas do ramo possuem, atualmente, 30% do total de sua frota ociosa, em razão da perda de mercado, corroborada pela derrubada nos preços de fretes pelas multinacionais e indústrias nacionais que os contratam”.

Do pedido de deferimento da recuperação judicial destaca-se o vultuoso passivo de R$8.635.591,00, entre credores trabalhistas, de garantia real, micro empresas e empresas de pequeno porte e quirografários, além de bancos. A maior dívida que a empresa possui é com o Banco Bradesco, R$ 1.674.587,25,

Diante do exposto, a magistrada homologou o plano de recuperação judicial apresentado pelas empresas, determinando que as mesmas apresentem os documentos necessários para a confecção do Balancete dos meses de setembro a dezembro/2016, no prazo de 5 dias úteis.

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Comper indenizará em R$ 10 mil cliente que teve notebook furtado em estacionamento

    Justiça

    (13:02) Comper indenizará em R$ 10 mil cliente que teve notebook furtado em estacionamento

    A juíza Olinda de Quadros Castrillon, da Décima Primeira Vara Cível, julgou procedente ação de um cliente que processou os Supermercados Comper após ter seu notebook furtado no estacionamento do estabelecimento.

  2. Justiça nega desbloquear imóvel de ex-secretário de Estado em ação por improbidade; MP pede R$ 8,8 milhões

    Justiça

    (13:00) Justiça nega desbloquear imóvel de ex-secretário de Estado em ação por improbidade; MP pede R$ 8,8 milhões

    O juizado da Vara Especializada Ação Civil Pública e Popular negou liberação de um imóvel pertencente ao ex-secretário de Estado de Fazenda Fausto de Souza Faria.

  3. PF cumpre mandados contra advogados e servidores acusados de fraudar INSS; cego é flagrado dirigindo

    Justiça

    (12:59) PF cumpre mandados contra advogados e servidores acusados de fraudar INSS; cego é flagrado dirigindo

    A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (12), a Operação Pandora, que investiga a fraude na obtenção de benefícios previdenciários deferidos judicialmente na comarca de Dionísio Cerqueira (SC).

  4. STJ nega autorização para major em MT passar um mês em Portugal em batizado

    Justiça

    (12:57) STJ nega autorização para major em MT passar um mês em Portugal em batizado

    Ferronato teria oferecido promoção a um tenente coronel, que é delator da Operação Esdras

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados