Gestão Pública News

Cidades

Ex-conselheiro do Consed denuncia atrasos em repasses de R$ 600 mil do Bolsa Atleta
14 de Maio de 2018 ás 13:24 -

Olhardireto O ex-conselheiro do Conselho Estadual de Desporto (Consed), Orlando Antunes, afirma que o Consed está em crise com os atrasos...

Ex-conselheiro do Consed denuncia atrasos em repasses de R$ 600 mil do Bolsa Atleta

Olhardireto

O ex-conselheiro do Conselho Estadual de Desporto (Consed), Orlando Antunes, afirma que o Consed está em crise com os atrasos nos repasses por parte do Governo do Estado, entre outros problemas. De acordo com ele, ainda não foram repassados R$ 600 mil do Bolsa Atleta e R$ 80 mil aos conselheiros. A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) afirmou que aguarda a liberação dos órgãos centrais do Governo do Estado para efetuar o pagamento.

 

No último dia 8, o Consed realizou reunião com o secretário-adjunto de esportes, Franz Robert Correia. Apenas metade dos conselheiros compareceu à reunião e nada foi deliberado. O secretário-adjunto foi questionado sobre o atraso no repasse dos jeton’s (pagamento que se faz por sessões extraordinárias) e receberam como resposta que ainda faltava a liberação por parte da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz).

 

O conselheiro ainda apontou que a Secretaria-adjunta está com problemas de gestão, já que estaria com falta de serviços essenciais, como limpeza e manutenção das instalações do Ginásio Aecim Tocantins, onde funciona a sede da Secretaria-adjunta. Os profissionais terceirizados não estariam recebendo salários e abandonaram o serviço. Não há limpeza de banheiros, corredores e o lixo não está sendo retirado.

 

Outro problema denunciado foi o atraso de aproximadamente R$ 600 mil, a serem liberados para o Bolsa Atleta. De acordo com Antunes, o dinheiro ainda não caiu na conta dos beneficiados.

Dos vários projetos que passaram pelo Consed, estão as emendas parlamentares, direcionadas pelos deputados estaduais aos diversos municípios do Estado. Segundo o conselheiro pouca gente recebeu este dinheiro, apesar do Governo ter anunciado a liberação.

 

Antunes também questionou a falta de repasses por parte do Governo, para o custeio das despesas de arbitragem em diversas competições realizadas, desde o ano passado. Ele afirmou que existem débitos em hotéis do interior, referente hospedagem e alimentação de funcionários que trabalharam nas competições e que isto está inviabilizando uma série de competições programadas para o segundo semestre.

 

A Secretaria de Estado de Educação Esporte e Lazer se manifestou por meio de uma nota explicando que ainda aguardam a liberação para o pagamento do jeton e do Bolsa Atleta. A Seduca ainda disse que com relação às emendas parlamentares foram liberados R$ 10 milhões em 2017, dos quais R$ 4 milhões aguardam aprovação. Os outros questionamentos também foram respondidos.

Leia a nota na íntegra:

 

A Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) informa:

1 – Sobre o pagamento do Jeton dos conselheiros e do Bolsa Atleta, aguarda a autorização dos órgãos centrais do Governo do Estado para efetuar o pagamento. Ressalta ainda que segue cumprindo as normas e autorizações regidas pelo Decreto 1379/2018/Sefaz;

2 – Sobre a manutenção do Ginásio Aecim Tocantins, frisa que já notificou a empresa contratada para a prestação do serviço de limpeza, higienização e conservação por não cumprir fielmente os termos do contrato;

3 – Sobre Emendas Parlamentares, destaca que no ano de 2017, foram liberados cerca de R$ 10 milhões. Deste valor, foram conveniados R$ 4 milhões e os pagamentos estão sendo realizados mediante autorização do Gabinete de Governo. Entre os projetos estão eventos esportivos, academias ao ar livre, transporte parta atletas, reformas de quadras, estádios e miniestádios, entre outros;

4 – Sobre o pagamento da arbitragem dos Jogos Escolares de 2017, destaca que já efetuou o pagamento de 77% do contrato com a empresa responsável pela arbitragem dos mesmos. Por se tratar de despesa extracontratual, o pagamento deverá ser efetuado por indenização e está em procedimento interno, em conformidade processual e jurídico. Após essa análise, as despesas serão quitadas.

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Secretário da AL afirma que servidor está vivo; filho critica MPE

    Justiça

    (14:29) Secretário da AL afirma que servidor está vivo; filho critica MPE

    MidiaNews O secretário de Gestão...

  2. Justiça impede Arcanjo de viajar todo mês para Rondonópolis

    Justiça

    (14:28) Justiça impede Arcanjo de viajar todo mês para Rondonópolis

    MidiaNews O juiz Wladys Roberto do Amaral, da...

  3. Justiça manda penhorar bens do PT de MT por dívida de R$ 544 mil

    Justiça

    (14:25) Justiça manda penhorar bens do PT de MT por dívida de R$ 544 mil

    Folhamax A juíza da 5ª Vara Cível...

  4. Sinfra recorrerá contra suspensão pelo TCE de licitação irregular de R$ 202 milhões

    Justiça

    (14:24) Sinfra recorrerá contra suspensão pelo TCE de licitação irregular de R$ 202 milhões

    Olharjurídico O secretário de...

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados