Gestão Pública News

Política

Eleito quer redução de verba de R$ 65 mil e prestação de contas
10 de Outubro de 2018 ás 10:28 -

MidiaNews Coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL) em Mato Grosso, o deputado estadual eleito Ulysses Moraes (DC) afirmou que assim que assumir,...

Eleito quer redução de verba de R$ 65 mil e prestação de contas

MidiaNews

Coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL) em Mato Grosso, o deputado estadual eleito Ulysses Moraes (DC) afirmou que assim que assumir, em fevereiro de 2019, irá propor projetos como a redução da verba parlamentar e maior prestação de contas.

 

Atualmente, cada deputado tem direito a R$ 65 mil de verba para cobrir despesas do exercício da função. Além disso, recebem um salário de R$ 25,3 mil.

 

“A primeira proposta é a redução de todas as verbas parlamentares. Quando chegar lá, vou ver como a gente faz. Não dá mais para aceitar essa farra com o dinheiro público que o pessoal vem fazendo”, disse.

 

“Outra coisa que temos que obrigar de imediato é prestação de contas. Chega de deputado não prestar contas. Chega. Isso tem que acabar. E vai ser o meu primeiro projeto lá dentro. Isso tem que acabar”, afirmou.

 

A primeira proposta é a redução de todas as verbas. Não dá mais para aceitar essa farra com o dinheiro público que o pessoal vem fazendo Em agosto deste ano, os parlamentares foram alvo da Operação Déjà Vu. Segundo o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), “notas frias” eram utilizadas para simular a compra de materiais de papelaria e informática e assim justificar os gastos dos parlamentares com a verba indenizatória.

 

O MPE aponta para um desvio de mais de meio milhão de reais.

 

“O que faremos agora é um trabalho de austeridade e mostrar, efetivamente, que a gente veio para mudar. Não é um discurso de renovação por renovação. É chegar lá e cortar verba, cortar na carne, mostrando para o povo, efetivamente, que tem que ter dinheiro para outras coisas”, disse.

 

“Chega de deputado ficar ganhando aquele monte. Temos que chegar lá e mostrar que é possível fazer muito mais com menos. Foi isso que preguei durante toda a minha campanha e é o que vou fazer lá. Mostrar que é possível ser honesto lá dentro. Fazer uma política de exemplo. É isso que precisamos mostrar”, afirmou.

 

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Justiça condena ex-vereadora de Cuiabá a 11 anos de prisão por desvios de R$ 6,3 mi

    Justiça

    (13:41) Justiça condena ex-vereadora de Cuiabá a 11 anos de prisão por desvios de R$ 6,3 mi

    Folhamax O juiz da Sétima Vara Criminal...

  2. Presidente do TJMT afirma que não aceitará redução do duodécimo e confia que Judiciário não será prejudicado

    Justiça

    (13:40) Presidente do TJMT afirma que não aceitará redução do duodécimo e confia que Judiciário não será prejudicado

    Olharjurídico O novo presidente do Tribunal...

  3. Supremo aponta novos crimes e não homologa delação de Riva

    Justiça

    (13:37) Supremo aponta novos crimes e não homologa delação de Riva

    MidiaNews A Primeira Turma do Supremo Tribunal...

  4. Justiça aceita desistência de recurso e delação de Zaqueu é cogitada

    Justiça

    (13:34) Justiça aceita desistência de recurso e delação de Zaqueu é cogitada

    RepórterMT O desembargador Luiz Ferreira,...

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados