Gestão Pública News

Polícia

Coronel PM, comerciante e empresário são vítimas de latrocínio
27 de Dezembro de 2015 ás 18:59 -

Na maioria dos casos, os bandidos invadem residências para roubar, na Capital e no Interior

Coronel PM, comerciante e empresário são vítimas de latrocínio

THAIZA ASSUNÇÃO DA REDAÇÃO - midianews

Uma das notícias mais registradas nas páginas policiais, em 2015, foi relacionada a latrocínio (roubo seguido de morte). A Secretaria de Estado de Segurança (Sesp) ainda não contabilizou quantos casos ocorreram neste ano no Estado. Já em Cuiabá e Várzea Grande, de janeiro a novembro, foram registradoa 24 latrocínios. Entre os caso que mais geraram comoção na sociedade mato-grossense está a morte do tenente-coronel PM Helton Vagner Martins, na cidade de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), no dia 8 de julho. O latrocínio contra o comerciante Zilton Marques, de 50 anos, ocorrido no bairro Parque Cuiabá, na Capital, no dia 23 abril deste ano, também abalou a população. Também chocou a sociedade o caso do empresário Paulo Yugi Terão, de 46 anos,  do casal Claudemir Ferreira, 41 anos, e Alessandra Scheffer, 24 anos, e do sargento da Polícia Militar Joilson Antônio Martins, de 45 anos Morte de coronel O tenente-coronel Helton Martins e a esposa foram abordados na porta de casa, por volta das 19h30, quando lavavam o carro, em Sinop.

Segundo a Polícia, antes disso, os bandidos – três adolescentes de 15, 16 e 17 anos que invadiram a casa -  já haviam passado pelo menos três vezes na frente da residência, em um carro dirigido por um homem de 23 anos.

Na quarta vez, eles decidiram praticar o assalto e renderam o oficial e a esposa. Eles foram trancados em um dos quartos da casa, com os dois filhos e uma sobrinha.

Durante a procura por objetos de valores na residência, os criminosos encontraram um boné da PM, e o adolescente de 15 anos foi tirar satisfação com o tenente-coronel.

Após o menor atirar contra as vítimas, os assaltantes fugiram a pé, sem levarem nada.

O PM levou dois tiros no peito, um no tórax e um na cabeça.

Ele foi levado ainda com vida ao Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Os adolescentes responsáveis pelo crime estão recolhido no sistema socioeducativo da cidade.

Já o adulto de 23 anos, preso por dar apoio logístico aos menores, está preso a uma cela da Penitenciária Osvaldo Florentino Leite (Ferrugem). Morte de comerciante Conforme as investigações, duas mulheres, um homem e um menor invadiram a residência do comerciante Zilton Marques e renderam o filho da vítima, quando ele entrava com o carro na garagem da casa.

Em seguida, os criminosos renderam o comerciante, a sua esposa e outros dois filhos, que estavam no interior da residência.

Os suspeitos pegaram aparelhos eletrônicos e tentaram fugir em um dos veículos das vítimas, mas acabaram não encontrando a chave do carro. Divulgação Paulo Yugi Terao O empresário Paulo Yugi Terão, morto após ter a caminhonete roubada em Sinop Conforme a Polícia, os criminosos ficaram nervosos e um dos filhos do comerciante entrou em luta corporal com um deles.

Segundo as investigações da Polícia Civil, foi nesse momento que uma das mulheres teria atirado no comerciante. Baleado no peito e no queixo, ele morreu na hora.

Os acusados do crime estão todos presos. Morte de empresário

O empresário Paulo Terão, do ramo de venda de lubrificantes, foi rendido na porta de casa na cidade de Sinop, na noite do dia 12 de junho. Os assaltantes levaram o empresário com o veículo e, depois de matá-lo, jogaram o corpo às margens da BR-163, próximo à cidade de Sorriso (80 km de Sinop). Seu corpo foi encontrado na madrugada do dia 13, às margens Rio Teles Pires, na BR-163, no município de Sorriso.

A quadrilha, formada por quatro homens e uma mulher, foi presa em Nova Mutum, uma semana após o crime e continua na cadeia.

Morte de casal Dois menores abordaram o casal Claudemir e Alessandra, quando os dois chegavam em casa, no município de Juara (709 km de Cuiabá), no dia 13 de outubro. O crime foi arquitetado por uma jovem de 19 anos. Aline Macedo era funcionária de um lava-jato de propriedade das vítimas e teria planejado o crime para vender a S-10 do casal para traficantes. O casal foi executado a tiros e seus corpos jogados em um córrego, a cerca de oito quilômetros do centro da cidade. A mulher estava com a cabeça coberta por um pano e com as mãos amarradas para trás do corpo. Já o homem apresentava várias perfurações no tórax. A S-10 roubada foi encontrada capotada, no dia seguinte ao caso, na MT-220, rodovia que liga Juara a Sinop. Reprodução Sargento Joilson O sargento Joilson Antônio Martins, que morreu após o assalto em Diamantino Os dois menores e a jovem estão presos. Morte de Sargento O sargento Joilson Antônio Martins, de 45 anos, morreu no dia 20 de outubro, no município de Diamantino (208 km ao Médio-Norte de Cuiabá), após uma quadrilha assaltar uma loja no centro da cidade. Durante a fuga, o PM Martins tentou deter os suspeitos, mas foi atingido por um tiro na cabeça. Logo depois, os assaltantes roubaram a motocicleta e a arma do militar e escaparam. O sargento foi transportado de helicóptero até o Pronto-Socorro da Capital, mas faleceu após passar pelo box de emergência. Os quatros acusados do crime, entre eles, uma estudante de direito da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), de 21 anos estão presos. Eni Marines Rosa de Barros era funcionária da loja e teria passado informações sobre a chegada de uma carga de aparelhos celulares para os assaltantes.  

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Tribunal mantém multas para ônibus de transporte público com problemas técnicos

    Justiça

    (06:48) Tribunal mantém multas para ônibus de transporte público com problemas técnicos

    O Tribunal de Justiça de Mato Grosso negou no mês de dezembro pedido de liminar da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros, entidade conhecida como Fetramar, que buscava declarar inconstitucional lei de Cuiabá...

  2. Estado transfere R$ 2,3 bilhões aos municípios em 2017

    Economia

    (06:25) Estado transfere R$ 2,3 bilhões aos municípios em 2017

    O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Fazenda (Sefaz), transferiu de janeiro a novembro de 2017 o valor de R$ 2,36 bilhões às prefeituras.

  3. Valtenir aponta irregularidades e cobra deputados

    Política

    (00:00) Valtenir aponta irregularidades e cobra deputados

    Em mais um episódio da briga entre os antigos membros do PSB e o novo presidente da legenda, deputado federal Valtenir Pereira, o gestor divulgou neste domingo dados de irregularidades da antiga administração do partido.

  4. Governo pagará R$ 50 mi em emendas impositivas de deputados

    Política

    (00:00) Governo pagará R$ 50 mi em emendas impositivas de deputados

    No entanto, ainda faltarão cerca de R$ 75 milhões para sanar o passivo referente a 2017

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados