Gestão Pública News

Greve

Caminhoneiros aderem à greve e bloqueiam BR em MT
10 de Novembro de 2015 ás 17:05 -

Movimento é contra os reajustes nos preços dos combustíveis

Caminhoneiros aderem à greve e bloqueiam BR em MT

THAIZA ASSUNÇÃO DA REDAÇÃO - midianews

Caminhoneiros de Mato Grosso bloqueiam nesta terça-feira (10) dois trechos da BR-158, nos municípios de Confresa e Vila Rica.  Eles aderiram à greve nacional da categoria que teve início na segunda-feira (9) em vários Estados do país.  O movimento, chamado “Comando Nacional de Transporte” pede a renúncia da presidente Dilma Rousseff  (PT), o aumento do valor do frete, reclama da alta de impostos e da elevação nos preços de combustíveis, entre várias outras questões. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o movimento está acontecendo de forma tranquila e não há previsão de desbloqueio da rodovia, por enquanto.  Uma equipe já se deslocou de Cuiabá para monitorar os trechos bloqueados. Esse o protesto é uma manobra de grupo que tenta usar os caminhoneiros em prol de interesses políticos, que nada têm a ver com a pauta de reivindicações da categoria Está sendo liberada a passagem de ônibus, ambulâncias e carros de passeio. O  presidente do Sindicato dos Transportes Rodoviários Autônomos de Bens de Mato Grosso (Sindicam-MT), Roberto Pessoa, disse que a entidade não apoio a manifestação.  “Esse o protesto é uma manobra de grupo que tenta usar os caminhoneiros em prol de interesses políticos, que nada têm a ver com a pauta de reivindicações da categoria", afirmou. Multa Em nota, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, determinou que a Polícia Rodoviária Federal utilize a força, se for necessário, para liberar as rodovias interditadas por caminhoneiros contra o governo federal. "Evidentemente, no caso de interdição de estradas, nós já determinamos para a PRF que atue através do efetivo necessário para que possamos desobstruir estradas e possamos garantir que aqueles caminhoneiros que queiram trabalhar tenham sua liberdade de ir e vir assegurada", disse. Cardozo anunciou que os caminhoneiros que fecharem estradas pelo país em forma de protesto contra o governo terão de pagar multa de valor superior a R$ 19 mil.  

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Há mais de um ano em licença médica, Ledur pode ser aposentada por invalidez

    Justiça

    (16:03) Há mais de um ano em licença médica, Ledur pode ser aposentada por invalidez

    Olharjurídico A tenente do Corpo de Bombeiros...

  2. Ex-procurador de MT cita imunidade funcional, mas STJ mantém bloqueio de bens

    Justiça

    (16:01) Ex-procurador de MT cita imunidade funcional, mas STJ mantém bloqueio de bens

    Folhamax O ministro do Superior Tribunal de...

  3. Justiça manda servidor apagar comentário ofensivo contra juiz

    Justiça

    (15:59) Justiça manda servidor apagar comentário ofensivo contra juiz

    MidiaNews O juiz Emerson Cajango, do Quinto...

  4. STF pode julgar pedido de liberdade de Lula no próximo dia 26

    Justiça

    (15:58) STF pode julgar pedido de liberdade de Lula no próximo dia 26

    Portalmatogrosso O ministro do Supremo Tribunal...

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados