Gestão Pública News

Justiça

Arcanjo paga fiança e trava possível prisão que poderia impedir regime semiaberto
28 de Dezembro de 2017 ás 22:42 -

Arthur Santos da Silva - Da Redação OLHAR DIRETO   O ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro pagou fiança à...

Arcanjo paga fiança e trava possível prisão que poderia impedir regime semiaberto

Arthur Santos da Silva - Da Redação OLHAR DIRETO

 

O ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro pagou fiança à Justiça Federal em Mato Grosso para evitar expedição de um novo mandado de prisão.

A liquidação ocorreu ao iniciar dezembro, num processo por crimes contra o sistema financeiro nacional. O pagamento “completa” contexto favorável ao criminoso em recuperação. Também em dezembro, a Vara de Execução Penal de Cuiabá recebeu exame psiquiátrico atestando que Arcanjo está apto para deixar o sistema penitenciário. A soltura do ex-bicheiro deve ocorrer ainda no começo de 2018. Arcanjo cumpri pena na Penitenciária Central do Estado (PCE).

Em verdade, Arcanjo está preso desde 2003. O criminoso foi inserido no sistema federal em agosto de 2007, quando foi transferido para a Penitenciária Federal de Campo Grande (MS), no mesmo dia da deflagração da operação “Arrego”, responsável por comprovar que mesmo continuava comandando o jogo do bicho. Em abril de 2013 o ex-bicheiro seguiu para a Penitenciária Federal de Porto Velho (RO).

​A decisão que determinou a transferência para Mato Grosso foi estabelecida no dia 1 de agosto de 2017, pelos desembargadores Paulo da Cunha, Rondon Bassil e Gilberto Giraldell.

A discussão sobre a progressão de regime na folha de execução penal de Arcanjo será retomada em fevereiro, quando o expediente da Justiça será retomado.

 

 

http://www.olhardireto.com.br/juridico/noticias/exibir.asp?id=37452&noticia=ex-bicheiro-arcanjo-paga-fianca-e-trava-possivel-prisao-que-poderia-impedir-semiaberto

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Justiça condena ex-vereadora de Cuiabá a 11 anos de prisão por desvios de R$ 6,3 mi

    Justiça

    (13:41) Justiça condena ex-vereadora de Cuiabá a 11 anos de prisão por desvios de R$ 6,3 mi

    Folhamax O juiz da Sétima Vara Criminal...

  2. Presidente do TJMT afirma que não aceitará redução do duodécimo e confia que Judiciário não será prejudicado

    Justiça

    (13:40) Presidente do TJMT afirma que não aceitará redução do duodécimo e confia que Judiciário não será prejudicado

    Olharjurídico O novo presidente do Tribunal...

  3. Supremo aponta novos crimes e não homologa delação de Riva

    Justiça

    (13:37) Supremo aponta novos crimes e não homologa delação de Riva

    MidiaNews A Primeira Turma do Supremo Tribunal...

  4. Justiça aceita desistência de recurso e delação de Zaqueu é cogitada

    Justiça

    (13:34) Justiça aceita desistência de recurso e delação de Zaqueu é cogitada

    RepórterMT O desembargador Luiz Ferreira,...

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados