Gestão Pública News

Justiça

Apartamento de R$ 3 milhões é leiloado por R$ 1,7 milhão para pagar dívida da família Malouf com Piran
09 de Setembro de 2019 ás 14:22 -

Olharjurídico A segunda parte de leilão visando saldar dívida de José Charbel Malouf e José Mikael Maluf Neto...

Apartamento de R$ 3 milhões é leiloado por R$ 1,7 milhão para pagar dívida da família Malouf com Piran

Olharjurídico

A segunda parte de leilão visando saldar dívida de José Charbel Malouf e José Mikael Maluf Neto junto ao empresário Valdir Piran, dono da Piran Sociedade de Fomento Mercantil Ltda, ocorre nesta terça-feira (10). O imóvel posto em negociação é o apartamento nº 11 do Edifício Sthefany, localizado em frente ao hospital Santa Rosa, somando área privativa de 463,6504 m². O valor do bem é de R$ 3 milhões. Na segunda praça, o bem pode ser adquirido por R$ 1,753 milhão.

 

Segundo edital, além de José Charbel Malouf e José Mikael Maluf Neto, constam como parte devedora Ana Vitória Pinho Maluf e Verônica Fátima Olavarria de Pinho Maluf. Conforme informações do site da empresa leiloeira, o bem recebeu 698 visitas online, porém, não contou com participantes ou lances. O segundo leilão será no dia 10, no mesmo horário, com o valor mínimo da dívida atualizada (quantia não divulgada). Em 2018, o Ministério Público do Estado denunciou Charbel Malouf e José Mikael Maluf pelos crimes de estelionato e falsificação ideológica. Pai e filho teriam supostamente tentado vender um apartamento já comercializado pelo valor de R$ 1 milhão para Valdir Agostinho Piran Júnior, filho do empresário Valdir Piran.

Em outra confusão, Charbel Malouf teve punibilidade extinta após cumprir transação penal em ação que tramitava no Juizado Especial Criminal (Jecrim). Ele era acusado de ameaças e agressão a Aline Camila Piran, dentro do elevador de um shopping na Capital, em setembro de 2017. Na transação penal ficou estabelecido o pagamento de dez salários mínimos. Com a efetivação dos pagamentos, o procedimento foi arquivado. A briga ocorre, segundo boletim de ocorrência, em conseqüência de desavenças comerciais.

Confira aqui como participar do leilão.

Primeira praça

A primeira parte de leilão marcado para ocorrer no dia 4 de setembro não obteve lances. Conforme informações do site da empresa leiloeira, o bem recebeu 698 visitas online, porém, não contou com participantes ou lances.

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. R$ 51 milhões: julgamento final de Geddel já foi solicitado pelo STF

    Justiça

    (19:31) R$ 51 milhões: julgamento final de Geddel já foi solicitado pelo STF

    sistemadenoticias A ação penal...

  2. Hospital Femina é condenado a pagar R$ 100 mil por erro em parto que gerou danos irreparáveis

    Justiça

    (18:24) Hospital Femina é condenado a pagar R$ 100 mil por erro em parto que gerou danos irreparáveis

    Olharjurídico A juíza Vandymara...

  3. Câmara isenta igrejas de IPTU em imóveis alugados

    Política

    (16:19) Câmara isenta igrejas de IPTU em imóveis alugados

    Folhamax A Câmara Municipal de Cuiabá...

  4. TJ cita alta periculosidade ofensiva e mantém prisão de integrante do Comando Vermelho

    Justiça

    (16:16) TJ cita alta periculosidade ofensiva e mantém prisão de integrante do Comando Vermelho

    Olhardireto A Segunda Câmara Criminal...

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados