Gestão Pública News

Ministério Público

A pedido do Ministério Público Estadual (ME), Secretaria de Ordem Pública voltou a retirar mesas e cadeiras da Praça da Mandioca.
22 de Setembro de 2017 ás 14:53 -

Prefeitura monta força tarefa e volta a retirar mesas e cadeiras da Praça da Mandioca

A pedido do Ministério Público Estadual (ME), Secretaria de Ordem Pública voltou a retirar mesas e cadeiras da Praça da Mandioca.

DA REDAÇÃO - OLHARDIRETO

Uma força tarefa coordenada pela Secretaria de Ordem Pública voltou a retirar mesas e cadeiras da Praça da Mandioca, a pedido do Ministério Público Estadual (MPE). Os empresários da região descumpriram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o MPE para evitar que os clientes ocupem as ruas no entorno da Praça.

 

De acordo com informações do secretário Coronel Leovaldo Emanoel Sales a ação foi tranquila e os empresários não apresentaram resistências. O mobiliário dos bares foi apreendido e levado pela Secretaria com o apoio do Polícia Militar.

A primeira proibição expressa contra os bares ocorreu em dezembro do ano passado, sob a gestão do prefeito Mauro Mendes. Na ocasião, as mesas foram retiradas da via pública e a decisão rendeu extenso debate sobre o problema. A prefeitura prometeu criar um caççadão na região, a fim de pacificar o caso.

“Nós estivemos em contato com a comunidade e infelizmente se voltar nós teremos que ir lá e retirar tudo novamente. Todas as vezes que nós estivemos lá existe uma diversidade de interesse, mas não tem como ir contra a lei”, afirmou Salles.

A legislação brasileira proíbe a obstrução de via pública. Mas além disso, os moradores também reclamam do som alto nos bares. Para evitar estes problemas, o MPE firmou em janeiro deste ano um acordo com os proprietários de bares e restaurantes da praça, mas o TAC nunca foi comprido.

“Nós recebemos mais de uma provocação do MPE para fazer a apreensão, a última foi no dia 30 de junho, mas por questões estruturais não conseguimos ir até a praça, o que só foi feito ontem”, esclareceu o secretário.

De um lado, os moradores mais antigos do local reclamam que com a obstrução da via fica difícil se movimentar pela região e de outro os empresários lamentam a redução do movimento e a queda nos negócios quando a apreensão foi feita. 

Nenhum Comentário

Últimas notícias

  1. Tribunal mantém multas para ônibus de transporte público com problemas técnicos

    Justiça

    (06:48) Tribunal mantém multas para ônibus de transporte público com problemas técnicos

    O Tribunal de Justiça de Mato Grosso negou no mês de dezembro pedido de liminar da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros, entidade conhecida como Fetramar, que buscava declarar inconstitucional lei de Cuiabá...

  2. Estado transfere R$ 2,3 bilhões aos municípios em 2017

    Economia

    (06:25) Estado transfere R$ 2,3 bilhões aos municípios em 2017

    O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Fazenda (Sefaz), transferiu de janeiro a novembro de 2017 o valor de R$ 2,36 bilhões às prefeituras.

  3. Valtenir aponta irregularidades e cobra deputados

    Política

    (00:00) Valtenir aponta irregularidades e cobra deputados

    Em mais um episódio da briga entre os antigos membros do PSB e o novo presidente da legenda, deputado federal Valtenir Pereira, o gestor divulgou neste domingo dados de irregularidades da antiga administração do partido.

  4. Governo pagará R$ 50 mi em emendas impositivas de deputados

    Política

    (00:00) Governo pagará R$ 50 mi em emendas impositivas de deputados

    No entanto, ainda faltarão cerca de R$ 75 milhões para sanar o passivo referente a 2017

Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados