Gestão Pública News

Diretas

Sessão tem vira-casaca e voto em causa própria
16 de Maio de 2018 às 13:27


MidiaNews



Além da controvérsia em torno do número de votos necessários para aprovar a mudança do Regimento Interno da Câmara de Vereadores, a sessão na manhã desta terça-feira (15) também foi marcada por uma "lambança" dos vereadores.



Num primeiro momento, a votação terminou com 12 votos favoráveis à mudança, 11 contrários e uma abstenção, do vereador Ricardo Saad (PSDB).



Diante do resultado, o vereador Chico 2000 (PR), que havia votado sim, anunciou a mudança do voto para não. “Eu quero mudar meu voto. Eu havia feito um acordo com Saad. Já que ele não cumpriu, agora vou votar contra”, justificou o parlamentar.



Na sequência, foi a vez de Saad mudar o posicionamento e, em vez da abstenção, deu voto sim, empatando o placar em 12 a 12.



Coube ao presidente Justino Malheiros (PV) – principal interessado na mudança – dar o voto de desempate, que resultou na aprovação do projeto.



Em tempo, ao final da votação, Chico 2000 deixou o plenário visivelmente irritado com o colega e sem justificar qual era o tal “acordo”.


Copyright @ Gestão Pública News - 2009 - Todos Direitos Reservados